Fale Conosco

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Sylvio Pélico Porto Filho, acatou nesta quinta-feira (30) medida cautelar com pedido de liminar do prefeito da cidade de Pitimbu, Leonardo Barbalho (PSD), e determinou o retorno dele ao cargo.

O prefeito havia sido afastado do cargo nesta quarta-feira (29) por decisão do juiz da 73ª Zona Eleitoral, Antônio Eimar de Lima. Ele é acusado de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico na campanha eleitoral, na qual teria concedido benefícios a eleitores em troca de votos. Ele também teria realizado shows como eventos de campanha.

O segundo colocado nas eleições, Marco Aurélio Celani,  conhecido como Marquinho é Dez, chegou a ser diplomado prefeito, mas não chegou a permanecer na função 24 horas.

Leonardo Barbalho teve 3.278 votos do eleitorado. Já, Marquinho é Dez obteve 2.479 votos.

BG