Fale Conosco

Enquanto PT e PMDB não se entenderem, o tempo continuará com chuvas e trovoadas no céu de Brasília. O danado é que Dilma não escuta mais Lula , ou pelo menos no que devia, e seus auxiliares ao invés de apaziguar, tocam fogo.

Antenado que só ele, o colunista da Veja, Lauro Jardim, captou o vai e vem de alfinetadas e traduziu muito bem numa nota hoje em sua prestigiada coluna na versão online da revista.

O pedido feito na segunda-feira de recriação do PL, liderado por Gilberto Kassab, rendeu a Aloizio Mercadante um telefonema irado de Michel Temer na noite de segunda-feira.

É o PMDB o alvo principal dessa volta do PL. É com o PL que o governo pretende enfraquecer o PMDB.

Temer cobrou de Mercadante, identificado pelos peemedebistas com o cabeça da operação:

– Não vamos aceitar isso. Desse jeito, não dá. Vamos reagir.

E reagiram. Ontem, Eduardo Cunha e Renan Calheiros mostraram a faca nos dentes na questão das dívidas dos estados e municípios.

Mercadante, de acordo com relatos de peemedebistas, negou tudo:

– Não temos nada a ver com isso.

Temer acreditou tanto no que ouviu quanto no Saci Pererê.

Com Lauro Jardim/Vejaonline