Fale Conosco

Segundo release enviado pela assessoria do deputado Anísio Maia às redações, o processo perdido na secretaria de Saúde do estado e que dentro continha entre outras coisas um email do desembargador Joás de Brito para o governador Ricardo Coutinho e anotações feitas de próprio punho por este último “confirmando” pedido de emprego para um protegido do conselheiro do TCE Nominando Diniz, foi protocolado ontem no gabinete do presidente do TJ, Leôncio Texeira da Câmara, que promete apurar a denúncia.

Também através deste release fiquei sabendo que o desembargador Joás de Brito Filho tem interesse em esclarecer os fatos e “quer que este processo seja investigado até o fim. Ele contou que o mesmo já entrou com um requerimento, abdicando inclusive de que o caso corra em segredo de justiça”.

O release da assessoria do deputado petista diz ainda que “também estava presente o assessor especial da presidência do TJPB, José Ferreira Ramos Júnior. Na ocasião, o deputado informou que entregaria o processo original ao seu órgão de origem. No entanto, os membros do TJ sugeriram que este fosse oficialmente entregue ao próprio Tribunal. Durante a audiência, Anísio Maia explicou que o processo administrativo, tombado sob o número 030211518/03/02/2011 da SES, lhe foi entregue em mãos pelo jornalista Dércio Alcântara diante de outros deputados e profissionais da imprensa. E, que estava levando ao Tribunal para que o caso fosse devidamente averiguado e que as providências cabíveis sejam tomadas se necessárias”.

Agora é aguardar para saber aonde tudo isso vai chegar. Estou tranqüilo e com a sensação de missão cumprida.

A minha parte eu fiz e o resto agora é com a Justiça.