Fale Conosco

A gestão do prefeito Romero Rodrigues fez mais um gol contra. O incentivo ao esporte anunciado com pompa no início da gestão hoje pode ser resumindo no seguinte fato: há mais de um ano que Treze e Campinense não recebem um tostão do que foi acordado e anunciado pelo prefeito na mídia.

O calendário 2016 já começou, os clubes da cidade integram impotantes competições, já jogam nesse final d semana,  e ainda sonham com o atrasado para botar suas contas em dia.

Segundo apuramos através de notícias no noticiário,  o prefeito fez a maior publicidade do convênio e repassava cerca de 35 mil reais por mês a preço de março de 2013.

Prefeito Romero firma convênio que garante apoio financeiro ao Campinense

Mas, já no início dos primeiros meses de 2014 o discurso esbarrou na prática e os clubes foram recebendo aos troncos e barrancos até que em 2015 o firmado se quebrou e a PMCG parou de honrar. A dívida é de quase meio milhão por clube.

Agora com a crise é que Romero tem desculpa para sair à francesa de mais um gol contra que a sua gestão faz. O problema é a decepção das duas torcidas.