Fale Conosco

Eu sei que parece pegadinha, mas no vídeo abaixo o então governador de Mina, Aécio Neves, discorre didaticamente sobre a criação de um batalhão de trânsito em Belo Horizonte.

Só pra contrastar com o que aconteceu neste final de semana no Rio, onde foi flagrado por uma blitz da Lei Seca com carteira vencida e, aparentemente, de pilequinho, já que se negou a fazer o teste do bafômetro, ele argumenta que o batalhão vai assegurar o cumprimento da Lei Seca.

É aquela velha história do faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.

Apesar de ter sido considerado um bom governador e até ter elegido o seu sucessor, o senador Aécio, do PSDB, deslizou na vida pública ao ser pego em uma infração que causa tantos transtornos aos brasileiros por provocar acidentes de trânsito e tirar vidas.

Na ordem do dia da cidadania, evitar a mistura de direção e álcool é campanha educativa que todo político adorar tirar foto e discursar no dia do lançamento ou no enterro de vítimas, mas quando se voltam para a vida pessoal são tão descuidados quanto nós brasileiros comuns.

O problema é que um político não pode oferecer um exemplo assim tão ruim e Aécio, apesar de não ter sido flagrado em nenhum ato de corrupção, tem a vida pública manchada sim, pois sinaliza como candidato a Presidente e como tal não pode se deixar expor negativamente.

Veja o vídeo: