Fale Conosco

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) negou, durante julgamento nesta terça-feira (7), o pedido de habeas corpus ao empresário Roberto Santiago. Três dos cinco desembargadores votaram pela manutenção da prisão.

Roberto Santiago foi preso no dia 22 março, na terceira fase da Operação Xeque-Mate. Ele é acusado de integrar um esquema corrução, fraudes em licitação e desvio de recursos públicos na cidade de Cabedelo. Fonte83