Fale Conosco

Ameaçada pela milícia da Zona Oeste do Rio, uma testemunha chave faz revelações importantes à polícia sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes.

Em três depoimentos, obtidos com exclusividade pelo Globo, ela relatou reuniões entre um miliciano, que atualmente está preso em Bangu 9, e um político do Rio de Janeiro.

O assunto tratado nestes encontros tratavam dos prejuízos causados pela luta da vereadora contra o avanço de grupos paramilitares em comunidades de Jacarepaguá, que tiveram início ainda no ano passado.

A testemunha ainda afirma que, além do político e do chefe da milícia, também foram mencionados os nomes de outros integrantes do bando, que teriam participado da execução.

Notícias ao Minuto