Fale Conosco

EXCLUSIVO – Quando vi Aracilba Rocha defendendo o governo Ricardo Coutinho na Assembleia lá no comecinho da gestão, pensei cá com os meus botões: será traida. E foi.

Com absoluta exclusividade, aquela pituesa que mantém Nonato Guedes sempre bem informado, e dando show nas redes sociais, me disse que semana passada ela ouviu da boca do governador o que não esperava.

– Ricardo, estou me preparando para deixar as Finanças e espero contar com o seu apoio no meu projeto de disputar uma cadeira de deputada estadual…

Nem bem concluiu a frase e a dama de ferro da gestão socialista ouviu aquele “não posso” ensurdecedor da boca do homem que esperava um sim.

– Não! Meu compromisso é com Estela – teria dito o governador, secamente, como é o seu estilo.

A partir daí a pituesa me conta que foi pena pra todo lado e a Granja Santana ficou pequena para comportar o tamanho da decepção daquela que se achava carne e unha com sua excelência. 

Aracilba subiu o tom, usou linguajar jocoso quando se referiu aquela que robou-lhe o sonho de ser deputada e houve sopapos verbais de parte a parte, inclusive ameaças que, se concretizadas, provocarão um dos maiores escândalos da Paraíba.

Resumindo, a cobra tá fumando e Aracilba é a terceira faca no pescoço de Ricardo Coutinho, que já respira com dificuldades com as estocadas de Pâmela ameaçando sair na Playboy e Cássio ameaçando ser candidato.

Se Aracilba abrir a boca a casa cai.