Fale Conosco

Antes da reunião do PMDB começar, Maranhão disparou: “posso ser candidato sim a prefeito de João Pessoa, basta que a oposição se una”.

Logo ali do seu ladinho Manoel Junior concedia entrevista e também ratificava sua disposição de disputar o mesmo cargo pelo partido.

Mas, o que faria o partido lavar roupa suja na reunião em seguida não era quem seria o candidato do partido, mas a linha de oposição que alguns não estão seguindo.

A reunião continua, são pontualmente 13h24m, e ao que parece o clima lá dentro ta de vaca desconhecer bezerro com um bate boca entre Márcio Roberto e Gervásio Filho, devido uma briga paroquial pelo controle da legenda em São Bento.

Maranhão e Veneziano, as principais estrelas da reunião estão sentados lado a lado, sendo que Veneziano está com o cabelo preso, ouvem as partes com atenção.

Qual será a posição que a executiva do PMDB vai tomar? Vai chamar o feito a ordem e exigir que os dissidentes se enquadrem ou deixem o partido ou tudo vai fica como está correndo frouxo?

Mais informações em instantes.

Em tempo: o indicado de Márcio Roberto para uma diretoria do Detran, Josué Guedes, aguarda na sala do presidente Antônio Souza, que fica ao lado e permite a audição de tudo o que se passa lá dentro,  o desfecho da reunião. Ele acredita que o partido exigirá quie deixe o cargo que ocupa no governo Ricardo Coutinho.

Foto: Edmilson Lucena