Fale Conosco

O presidente Michel Temer vai a São Paulo nesta sexta-feira (9) após cumprir agenda oficial em Araxá, Minas Gerais. Segundo o blog de Andreia Sadi, do G1, o emedebista pretende reunir conselheiros para falar sobre a quebra de sigilo de seus extratos.

Nesta semana, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a investigação de dados bancários e fiscais do emedebista no inquérito que investiga a edição de um decreto que teria beneficiado o setor de portos.

Advogados de Temer afirmam que a microfilmagem das contas do presidente deve ficar pronta nesta sexta-feira. A defesa estuda questionar no Supremo o período do pedido da quebra de sigilo. O período solicitado vai de 2013 a 2017, e Temer alega que não pode ser investigado por supostos crimes ocorridos antes do atual mandato.