Fale Conosco

 

Os cerca de 2.300 (dois mil e trezentos) servidores técnico-administrativos do Estado da Paraíba vão cruzar os braços nesta terça-feira (10).

A paralisação é um protesto contra o reajuste de 1% concedido no final de janeiro pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) e pela valorização dos concursados da categoria.

De acordo com Natan Luan Carvalho, servidor estadual e membro da Comissão dos Técnico-Administrativos do Estado, o salário dos servidores concursados da categoria está defasado há pelo menos dois anos.

 “Para efeito de comparação, nossa remuneração em 2012 era 15% superior ao salário mínimo nacional. Hoje, por conta dos reajustes irrisórios o vencimento foi equiparado ao piso salarial do país”, ressaltou.

O servidor estadual também revelou que além do insignificante acréscimo no salário – apenas R$ 8,00 – o Governo do Estado ainda retirou R$ 60,00 reais do vale alimentação da categoria.

 “Além do baixíssimo rejuste, o governador ainda tirou o valor referente ao vale alimentação dos técnico-administrativos”, disse indignado.