Fale Conosco

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) reprovou a prestação de contas da Prefeitura de Cabedelo na gestão do ex-prefeito Leto Viana, em 2015. O ex-prefeito deverá ressarcir ao município a quantia de R$ 4.4 milhões, referente às inúmeras irregularidades apontadas no voto do relator, conselheiro Antônio Gomes Vieira, destacando-se as contratações de servidores “fantasmas” e o excesso de pagamentos às empresas Marquise (limpeza urbana) e Vale do Aço (distribuidora).

Também foram julgadas irregulares as contas da LIFESA-Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado, exercício de 2018, sob a gestão de Carlos Alberto Dantas, que foi responsabilizado pelo montante de R$ 312,5 mil, relativos ao pagamento e emissão de notas fiscais inidôneas, junto ao IPCEP – Instituto de Psicologia, Clínica Educacional e Profissional, falta de comprovação de mercadorias adquiridas e não entregues ao laboratório, e pagamentos irregulares à empresa TROI-SP Participações, entre outras. O relator do processo foi o conselheiro substituto, Oscar Mamede Santiago Melo. Em ambos os processos ainda cabem recursos.