Fale Conosco

O Tribunal de Contas da Paraíba vai julgar, nesta terça-feira (26), uma licitação, comandada pelo ex-secretária Livânia Farias, de R$ 23 milhões que indica possível superfaturamento na aquisição de medicamentos. O parecer do Ministério Público é pela irregularidade do processo licitatório, nulidade de contratos e multa à ex-secretária.

A licitação foi realizada em 2017 pela Secretaria de Administração do Governo do Estado da Paraíba, época em que Livânia Farias ocupava o comando da pasta.