Fale Conosco

Ex-vereador campinense, Murilo Galdino é nomeado secretário de Articulação Política do Estado

O ex-vereador de Campina Grande, Murilo Galdino, irmão do presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, foi nomeado para o cargo de secretário de

João Azevêdo promove policiais militares por ato de bravura em favor da sociedade

O governador João Azevêdo promoveu mais três policiais militares que realizaram intervenções contra criminosos, mesmo estando fora do horário de serviço. As promoções por ato

João Azevêdo exonera Jutay Menezes e Fábio Carneiro; saiba o porquê

O governador da Paraíba, João Azevêdo, exonerou os secretários Jutay Menezes e Fábio Carneiro dos cargos de secretários que ocupavam na gestão estadual. Juaty, que

João Azevêdo promove mais de 90 oficiais da PM aos postos de major, tenente e capitão

O governador João Azevêdo promoveu 93 oficiais da Polícia Militar aos postos de major, 1º tenente, 2º tenente e capitão. Os atos de promoção, que

Cartaxo firma termo com MEC para implantar escola cívico-militar em João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa firmou o termo de adesão com o Ministério da Educação para participar do programa de implementação das Escolas Cívico-Militares, seguindo

Governo federal reconhece estado de calamidade pública na Paraíba devido à covid-19

O Governo Federal reconheceu o estado de calamidade pública da Paraíba, causado pela covid-19. A portaria, assinada pelo secretário Nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas

Após prisão com dinheiro na cueca, Bolsonaro exonera senador da vice-liderança do Governo

O Diário Oficial da União (DOU) publicou nesta quinta-feira, 15, em edição extra, uma mensagem do presidente Jair Bolsonaro ao Senado informando a saída de

TCE alerta prefeitura de Cabedelo sobre número alto de casos de covid-19 e de despesas com pessoal temporário

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) emitiu um alerta para a Prefeitura de Cabedelo apontando elevado número de casos de coronavírus, além de um

João veta projeto para demitir servidor público que receber auxílio emergencial indevidamente

O governador João Azevêdo vetou projeto de lei que pretendia punir com demissão o servidor público estadual que cometer atos de corrupção e improbidade envolvendo