Fale Conosco

Circula na comunidade de informações que a arapongagem está prestes a sofrer uma reformulação. E, cá pra nós, araponga não gosta de mudanças bruscas. Muito menos de ser notícia, prefere as sombras.

A mesma fonte que disse ao jornalista Helder Moura que a P2, o competentíssimo serviço de inteligência da PM, deixaria de existir para ceder lugar a uma espécie de SNI tupiniquim, também me disse que o sistema Guardião anda operando a todo vapor.

Para quem não sabe, o Guardião é um sistema avançado de escuta telefônica capaz de grampear até 300 telefones ao mesmo tempo e está diretamente ligado a Polícia Civil

“Ao receber transcrições diárias dos personagens que precisam ser monitorados teria o secretário de Comunicação, Nonato Bandeira, gostado da idéia de saber os segredos alheios”, me conta a fonte.

O Guardião, segundo a fonte, que deveria está sendo utilizado para monitorar o mundo do crime teria sido desvirtuado e grampearam políticos, jornalistas e outros adversários e amigos não muito confiáveis.

Gostando dessa coisa a la Goebbels, Nonato estaria em vias de ter oficialmente essa área de informações ligada diretamente a sua pasta.

Aliás, dizem que o projeto de acabar com a P2 e enquadrar a arapongagem é dele.

Deus nos acuda! Muito cuidado ao falar ao telefone, pois o Guardião pode está gravando tudo para depois Nonato ouvir.