Fale Conosco

Suspeitos de terem hackeado o celular do então juiz federal Sergio Moro, Gustavo Henrique Elias Santos e sua esposa, Suellen Priscila de Oliveira, movimentaram em cerca de apenas dois meses mais de 627 mil reais em suas contas.

Na conta de Gustavo, entre os dias 18 de abril e 29 de junho, passaram R$ 424 mil, enquanto que Suellen movimentou cerca de R$ 203 mil entre os dias 7 de março e 29 de junho.

Da redação com informações da Veja