Fale Conosco

 

O presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo, chegou de sua viajem a Portugal, onde recebeu um prêmio pela campanha contra a seca, e agora a disputa pela mesa nos próximos dois biênios deve aquecer de vez.

Ricardo não disse ainda em nenhum lugar que esteja disposto a lutar pela reeleição. Ao contrário de Adriano Galdino, que alardeia e exige assinaturas em seu apoio, como se valessem alguma coisa na hora de votar secretamente, ele não diz nada. E isso tem incomodado mais do que a pirotecnia de Galdino.

Há quem diga que Ricardo Marcelo tem várias cartas na manga e que uma parte dos apoiadores de Adriano reiteram em off apoio a sua releição, mas também há quem diga que poderá surgir um Tertius e tirar de Adriano os votos que garantirão a vitória da oposição.

Particularmente, vejo com cautela o processo sucessório da AL e a preço de hoje Adriano Galdino é apenas o coelho, aquele que sai na frente, mas nem sempre tem fôlego para chegar.

Olho vivo no tabuleiro. Os dados estão rolando e entre uma blefe e outro aparecerá uma jogada de mestre.

Uma dica: burro será quem depositar todos os ovos numa mesma cesta.