Fale Conosco

Se eu fosse o prefeito Luciano Cartaxo deixava entrar num ouvido e sair no outro esse esperneio recorrente do PSDB de Campina.

A oposição não tem outro nome competitivo, a não ser o seu, e quem tenta criar dificuldades para colher facilidades não merece crédito.

Romero não tem uma gestão tão boa quanto a de Cartaxo e não aguenta meia hora de questionamentos. Aliás, Romero não tem autonomia de voo nem pra voar de Campina à Boqueirão. Corre o risco de não ter sua decolagem autorizada pela torre de controle que lhe monitora.

Ele mostra o bico para se escalar e  fazer segmentos da mídia campinense bancada pelo Codecom ter notícia para gerar falsos fatos e clipagem pra faturar.

Cartaxo precisa continuar focado na gestão da Capital, com obras reais, moradias realmente entregues, pois é o que lhe credencia como o único nome viável da oposição.

Essas balelas plantadas pelos menudos Bruno e Tovar ou as bravatas de Romero são o que são: jogo de cena de tucaninhos de poucas plumas.

O tucano emplumado quer mesmo é carona 0800 para a reeleição.

Dércio Alcântara