Notícias

Sobre o SOS de Pâmela, a solidariedade inteligente de Aline e o esdrúxulo mandando recados

A postagem de Aline Machado,  esposa de Charlinton,  presidente “amordaçado” do PT estadual,  repete aquela mesma estratégia das mulheres dos militares, que vão às ruas exigir melhores salários para os maridos e estão fora do alcance da rígida hierarquia e códigos da caserna. 

Aliás,  essa foi a semana das esposas roubarem a cena. Aline para socorrer a integridade do marido e desagravar o PT; Pâmela Bório para avisar a todos que corre riscos, pois vive uma fase tensa de uma relação que se agrava. E esse tema deixa de ser particular quando uma das partes tornar publico, como fez Pâmela ao jornalisticamente gravar as ameaças veladas que sofreu.

Cada uma a seu modo causou frisson.  Uma chamou atenção para uma situação política esdrúxula;  a outra revelou como repórter que o esdrúxulo às vezes é o único meio de registrar para se proteger. 

As duas o meu respeito pela coragem e luz própria.