Notícias

Sobre o apelo emocional e piegas da estratégia do PSB para João Pessoa

A lógica que manteve a candidatura de João Azevedo muito abaixo do esperado para um candidato do governador, também manterá Cida Ramos abaixo das expectativas. Estela ainda é o melhor nome, mas suas digitais na caixa preta do DETRAN ficariam na primeira blitz.

Pra ganhar RC teria que ter renunciado ao governo para ele próprio disputar contra Cartaxo, o favorito disparado. Ou tirar do colete nomes competitivos dos partidos do leque de alianças da base.

Com a comunista Cida Ramos o PSB faz opção pelo pieguismo do apelo a piedade, pois ela é especial e tem uma história bonita de superação.

Acontece que eleição não é fila de banco e o fato de alguém ter prioridade não quer dizer que chegue na boca do caixa primeiro. Vejo o eleitor cansado de experimentos e Dilma é quem representa esse fiasco do escolher o diferente.

Não vejo em Cida Ramos as credenciais necessárias para sensibilizar o eleitor – mais racional do que nunca – com apelos emocionais.

Ricardo Coutinho errou com João Azevedo e agora insiste no mesmo erro da tecla dos diferentes ao lançar Cida Ramos.

Resta saber se permanecer no erro é burrice.