Fale Conosco

Devemos todos bater palmas para a deputada Daniella Ribeiro, pois buscou na ética e fé em Deus a blindagem para resistir à tentação que levou aos tribunais e condenação seus entes queridos.

Desde cedo a corrupção escala o seu berço, o pai foi condenado por participação comprovada – recebeu a propina na conta – naquele escândalo dos sangue-sugas e  o irmão é um verdadeiro passeio pelo código penal.

Incólume, a deputada Daniella tem conhecimento que a mãe também fez peraltices na Prefeitura de Pilar, e logo-logo o TCE baterá à porta, mas segue inatacável em sua ficha corrida.

Não se pode culpar ninguém pelo que os parentes fizeram, mas também não se pode esconder o que é fato nas tramitações judiciais e manchete na mídia estadual e nacional.

Enivaldo e Aguinaldo são políticos muito diferentes de Daniella. 

Lá no ambiente familiar, uns brincam no bloco dos sujos, outros brincam no bloco da limpeza. Uns produzem lixo, outros reciclam, e ainda há os que produzem sacos para acondicionar os resíduos, evitando o odor desagradável.

Eis a prova que derruba a tese de que o homem é produto do meio. 

Daniella Ribeiro atua no bloco da limpeza e cada vez mais amplia sua votação, apesar da carga/karma.

 Dércio Alcântara