Fale Conosco

Ontem, na Praça dos Três Poderes, um tapete vermelho foi estendido do Palácio da Redenção até a Assembleia Legislativa e por ele o governador foi conduzido até a posse de mais um poder anexado, o Legislativo.

Agora com seu projeto de poder pela primeira vez configurado na versão full, Ricardo Viera Coutinho vai operar como James Bond, com licença até para matar.

Em seu discurso após a queda do muro de Tróia, a derrocada da última fortaleza que mantinha a resistência de um poder ao desejo de controle total do governador, Ricardo, o Grande, anunciou oficialmente a tutela e agradeceu aos 19 generais os escalpes entregues no ato único que exonerou todos os comissionados da Assembleia, entre estes jornalistas que combatem o governo.

A noite mais escura se aproxima. E peço aos colegas que conseguem resistir por altivez e dignidade que resistam fazendo jornalismo, informando e denunciando. O contraponto merece qualquer sacrifício e a história sempre foi escrita por poucos para o benefício de muitos.

Agora, cada blog, portal, rádio de poste e comunitária, cada grupo que se reúne nas esquinas e cada perfil da rede social é importante para passar a verdade à frente sem a maquiagem oficial.

Como diria o poeta Mário Quintana, ELES PASSARÃO, NÓS PASSARINHO.