Fale Conosco

Tenho tentado entender a adesão do PR ao governador Ricardo Coutinho, mas confesso que a única justificativa que vejo para Wellington e Caio Roberto ajoelharem-se aos pés do Governo é a sobrevivência política.

Com a mudança de conjuntura nacional, crise e corte de gastos, o deputado federal Wellington Roberto não tem mais aquela força para carrear recursos para as prefeitura de sua base, através das emendas parlamentares.

Na Assembleia, Caio Roberto sinalizou o pulo para a gestão que tanto combateu quando deu pitú na candidatura de Ricardo Marcelo e foi o voto que fez a diferença e elegeu o atual presidente Adriano Galdino.

Minha pergunta é: será com essa adesão a RC ambos conseguirão o que esperam para suas bases?

Se conseguirem, jogaram bem, do ponto de vista da Lei de Gérson; se não conseguirem, apenas confirmarão o estereótipo de fisiologistas.

Se eles se preocupam ou não com isso aí já é outra coisa.