Fale Conosco

Ainda criança lá em Jaguaribe eu gostava de ir no Beco do Sovaco assistir as lapinhas e a folclórica disputa dos cordões azul e encarnado.

Antes de começar a disputa o dj da época sempre tocava no sistema de alto-falantes aquela música de Evaldo Braga, cujo refrão cristão era “sinto que a cruz que carrego é bastante pesada…”

Voltando aos dias atuais vejo a lapinha sendo ensaiada e o governador Ricardo Coutinho tendo que carregar a cruz daquele acordo possível de 2014, que fez a família Feliciano subir ao vice trono.

Tenho informações de uma célula de marketing sendo criada por Duda Mendonça na Paraíba e que gira em torno da pré candidatura da vice, Lígia.

Pronto. Agora estabeleceu-se de vez a disputa intramuros pela cabeça da chapa majoritária na plantação de girassóis.
Fico a me perguntar, no entanto, se é o PDT quem vai cantar de galo nessa lapinha, atropelando Gervasinho, do PSB, e Raimundo Lira, do PMDB.

Dércio Alcântara