Fale Conosco

Lugar de excelentes técnicos, gente séria e abnegada, não recomendo que usem a palavra ladrão lá nas dependências do DETRAN, mesmo que em voz baixa, pois, como em casa de enforcado não se pode falar em corda, dentro daquele órgão hoje ninguém confia em ninguém.

Qualquer bestinha sabe que a corrupção no serviço público cresce os olhos onde tem muito dinheiro circulando e facilidades para a sangria. E o DETRAN é uma espécie de banco de sangues dos vampiros.

Há quem veja numa delação premiada lá para as bandas de Cajazeiras o caminho para desbaratar o esquemão. Sou pessimista e não vejo nessa lava jato paraibana um caminho seguro pra que o DETRAN seja passado a limpo e os ladrões presos.

Vejo gente graúda no caminho da investigação e pelo fato de ta sendo investigada pela Polícia Civil poderá sofrer influência de quem tem rabo preso.

A própria Polícia Federal estaria de mãos atadas, pois o ex-superintendente do DETRAN é delegado da PF e tem muito a esclarecer.

Ter entregue o monopólio da confecção das placas do DETRAN a mesma empresa do Jampa Digital, apesar do escândalo está na época sendo investigado pelo delegado da Policia Federal Felipe, que teria sido transferido após conclusão do inquérito apontando RC como beneficiado, é um fato que atrai suspeitas contra Rodrigo Carvalho. Mas o fato de ter demitido mais de 70 servidores acusados de corrupção atenua a desconfiança.

Se ele quer falar, como declarou em carta à imprensa, que fale. Que conte tudo e saia de mãos limpas. Ele é um delegado da PF, instituição que confiamos tanto, e não pode manchar de lama aquela instituição.

Fico a me perguntar os motivos de o governo ter chegado a ter vários delegados da PF em seu primeiro escalão? Por quê?

Percebo uma briga entre facções dentro da estrutura do DETRAN, ladrões de galinha, toqueiros, crime organizado e políticos.

O DETRAN é uma bomba relógio com os ponteiros chegando a hora final.