Paraíba

Sétima edição do Chá Solidário reúne centenas de pessoas em torno de causa nobre

Em clima natalino, o Chá Solidário reuniu, na tarde desta terça-feira (12), diversos segmentos da sociedade da Capital em torno de uma bela causa: ajudar o próximo. Em sua sétima edição, o evento, que foi realizado no Centro Cultural Pavilhão do Chá, no Centro Histórico da Capital, arrecadou donativos para ajudar as 192 crianças e adolescentes portadoras de câncer, acolhidas pela Associação Donos do Amanhã.

Para Maísa Cartaxo, primeira-dama do município e idealizadora do evento, o sentimento é de gratidão por colaborar com mais uma instituição que presta um importante serviço social na Capital. Ela conheceu a unidade beneficiada, que fica localizada no bairro de Jaguaribe, e destacou a relevância do trabalho desenvolvido pelos profissionais da casa, e agradeceu a colaboração das pessoas que participaram de mais uma edição do Chá Solidário.

“É uma entidade séria e que presta serviço há mais de 12 anos na Paraíba. A gente sabe da carência dessas pessoas que vem em busca da cura, de um tratamento, e nós identificamos que a Associação Donos do Amanhã precisava de vários itens para continuar fazendo esse trabalho. Hoje, nós arrecadamos fraldas, por isso, quero agradecer aos parceiros e colaboradores envolvidos que deram esse gesto de amor e solidariedade”, destacou.

O Chá Solidário contou com apresentações do coral das crianças do projeto social Ação Social pela Música, Quinteto de Metais da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec-JP) e Coral Geraldo Vandré, do Centro Cultural de Mangabeira Tenente Lucena. O repertório cantado e tocado pelas atrações musicais reuniu canções natalinas e populares da cultura nordestina.

Prestigiando o evento, o prefeito Luciano Cartaxo destacou outro importante caráter do Chá Solidário: o de resgate cultural e artístico do Centro Histórico da Capital. “O Pavilhão do Chá hoje é um novo centro cultural da cidade, um espaço de convivência, vinculado à cultura, ao bem-estar e à qualidade de vida. Portanto, é um momento de muita alegria ver o trabalho que vem sendo feito aqui, com Maísa conduzindo esse evento de caráter solidário e de resgate do nosso Centro Histórico”, disse Luciano Cartaxo.

Para que a solidariedade alcance os beneficiados, o Chá Solidário conta com o apoio importante de parceiros e colaboradores. Cerca de 20 estiveram presentes nesta edição, doando o material usado, como buffet, ornamentação, trabalho voluntário e iluminação. O engajamento de todos os envolvidos foi retribuído em forma de agradecimento pela gerente
administrativa da Associação Donos do Amanhã, Cristiane Lemos.

“Essa ajuda para nossa associação é maravilhosa, porque como a gente vive de doação, tudo é muito bem-vindo. Estamos recebendo fraldas, com isso, os recursos podem ser investidos para outros fins, como realização de exames, que são caros. A instituição agradece demais a colaboração das pessoas que participaram do Chá Solidário e da primeira-dama pela iniciativa”, destacou Cristiane.

Entre as diversas personalidades presentes, Lubyanka Baltar, dona de restaurante em João Pessoa, que recentemente participou do programa MasterChef, resumiu a importância de participar do Chá Solidário como uma ação social importante, que deve continuar sendo realizado. “Eu fiquei lisonjeada em receber esse convite de Maísa Cartaxo. Conheço o trabalho da instituição e espero que o Chá Solidário alcance a décima edição, vigésima, enfim. Que continue ajudando a quem precisa”, afirmou.

Chá Solidário – Ao longo dessas sete edições, cerca de 800 pessoas já foram beneficiadas através das doações arrecadadas no Chá Solidário. Em pouco mais de um ano da primeira edição, o evento beneficiou as seguintes instituições: Lar da Providência, Filhos da Misericórdia, Amém, Creche Amiguinhos, Aspan e Vila Vicentina. Dessa vez, a instituição beneficiada é a Associação Donos do Amanhã, localizada no bairro de Jaguaribe.

Tags: Tags: