Fale Conosco

Os servidores efetivos da cidade de Bayeux, ainda com os salários atrasados, voltam a cobrar o pagamento nesta quinta-feira (20). Hoje, de acordo com os servidores, é o dia em que acontece o pagamento de salário dos vereadores e do prefeito da cidade.

O pagamento destes salários não deve atrasar, como prevê a categoria de servidores municipais. “E aí fica a pergunta: Noquinha, cadê o salário dos servidores efetivos de Bayeux?”, questiona Antônio Radical, um dos servidores efetivos com pagamento atrasado e indignado com a situação.

Por este motivo, os servidores estão mobilizados em frente à Prefeitura de Bayeux para pressionar o prefeito Noquinha e conseguir uma explicação sobre o caso. “A gente quer ouvir dele quais são as providências que estão sendo tomadas”, explicou Germana Vasconcelos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Bayeux (Sintramb).

Normalmente, os servidores deveriam receber seus salários até o quinto dia útil do mês. No entanto, neste mês de setembro, o pagamento não foi feito até agora, corridos 20 dias.

Com contas para pagar e sem receber o salário a que têm direito, os servidores efetivos cobram o pagamento atrasado. Na última terça-feira (18), os servidores fizeram uma assembleia e entraram em acordo para realização de uma greve caso o pagamento não seja normalizado. “Não podemos deixar os trabalhadores sem botar comida em casa, sem pagar suas contas”, ressaltou Germana.

A categoria teme ainda que os próximos pagamentos salariais não sejam efetuados, correndo o risco de não receber até mesmo o 13º salário, a que tem direito.

 

 

Fonte: ClickPB