Fale Conosco

O colunista Lauro Jardim, da Veja, volta a cutucar o senador Cássio Cunha Lima e na versão on line de sua coluna Radar diz que Cássio desagrada Eduardo Campos com seu apetite para voltar ao Palácio da Redenção e que antes precisa provar que não está enquadrado na Lei Ficha Limpa, o que acho praticamente impossível.

Leiam a nota:

Cássio Cunha Lima subiu o tom das críticas contra o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, do PSB, e ultimamente anda tentado a entrar na disputa para tomar-lhe a cadeira. Até então, os tucanos apoiavam, na teoria e na prática, o governo do correligionário de Eduardo Campos.

Antes reticente a comprar a briga, Cunha Lima parece estar mais sensível aos conselhos de Aécio Neves, que adoraria ter um palanque forte na Paraíba.

Mas para confirmar a candidatura, o PSDB tem dois problemas. Primeiro, obter da Justiça eleitoral o parecer de que Cunha Lima não está enquadrado na lei da Ficha Limpa, pois teve o mandato de governador cassado em 2006. Depois, descobrir uma maneira de o apetite estadual não contaminar as boas relações com o PSB.

Quando ouve falar na possibilidade de Cunha Lima sair candidato, Campos reclama:

– Seria uma incoerência. O PSDB está defendendo o maior número possível de alianças conosco, mas estaria ignorando a estratégia justamente na Paraíba, onde os dois partidos já são aliados.

Por Lauro Jardim