Fale Conosco

Ricardo Coutinho foi o grande responsável por “implodir” o PSB na Paraíba, ao querer ser o presidente estadual da sigla a ferro e fogo, não se importando quem teria que derrubar ou quem não iria ficar nada satisfeito com isso. Assim, um a um dos principais nomes eleitos pela legenda foram anunciando a saída, até poucos integrantes ficarem. O ex-governador, apontado como líder da organização criminosa desbaratada pela Operação Calvário, agora quer o PT.

O candidato à Prefeitura de João Pessoa pelo Partido dos Trabalhadores, Anísio Maia, afirmou que o ex-governador Ricardo Coutinho se acha “o dono do mundo” e “quer roubar até o comando do Partido dos Trabalhadores”. O petista foi mais uma das vítimas do socialista, pois teve sua candidatura abalada por uma decisão do diretório nacional do partido em favor de Ricardo Coutinho, articulada por Ricardo.

Segundo Anísio, Ricardo buscaria desturir o Partido dos Trabalhadores em João Pessoa, “quer mandar a vida toda, que quer escolher até o candidato do outro partido. Quer, inclusive, sequestrar uma legenda”. Ele ainda questionou a popularidade de Ricardo Coutinho e os motivos que o fariam querer ter o PT ao seu lado na disputa pela prefeitura da Capital. “Se fosse uma pessoa acima de qualquer questão saia sozinho, enfrentava e ganhava. Por que fica fazendo esses artifícios querendo derrubar o outro partido?”, questionou.