Notícias

Senai amplia cursos móveis

Com o objetivo de qualificar a mão de obra na Paraíba, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) conta com uma nova unidade móvel de artefatos e calçados de couro, que começa a funcionar em 2015. Com uma infraestrutura moderna e adaptada para atender pessoas com deficiência, a unidade oferecerá cursos para trabalhadores da indústria de calçados, contribuindo para a competitividade por meio de uma produção mais qualificada.

Segundo o gerente de Educação Profissional do Senai, Adjair Maia, a nova unidade recebeu investimento de R$ 2,8 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e é dotada da mais moderna infraestrutura tecnológica com ambiente refrigerado e equipamentos necessários para a realização de cursos, que vão desde a iniciação profissional, passando por qualificação, aperfeiçoamento e técnico em calçados. A unidade terá capacidade para atender 20 alunos por turma, podendo funcionar nos turnos da manhã, tarde e noite.

Para atuar na nova unidade, dois instrutores vão receber capacitação a partir de janeiro do próximo ano. Adjair lembra que os cursos serão ministrados de acordo com a metodologia do Senai na área de educação profissional, unindo teoria e prática. “O calendário ainda não está fechado, mas já temos uma demanda para atender o curso de Habitação Técnica em Patos”, ressaltou.

PARCERIA
Prefeituras de qualquer município da Paraíba que tenham interesse em levar a unidade móvel para sua cidade poderão solicitar ao Senai a realização do curso. “As prefeituras têm sido grandes parceiras da gente. A sociedade e indústrias do couro também podem encaminhar demanda que nós levamos à unidade móvel”, enfatizou.

UNIDADES ATUAM NA PB DESDE 1969
Atualmente, o Senai conta com quatro unidades autotransportáveis e mais de 90 não autotransportáveis, distribuídos no Centro de Ações Móveis e no Centro de Formação Profissional de Construção Civil. O gerente de Educação Profissional do Senai, Adjair Maia, afirmou que as unidades móveis oferecem cursos na área de panificação, construção civil, informática e, a partir do ano que vem, de couro e calçado.

O grande objetivo das unidades móveis, segundo Adjair, é atender os municípios que não contam com unidade fixa do Senai, oportunizando a capacitação de jovens e adultos para ingressarem no mercado de trabalho ou para qualificar a mão de obra.

Tendo como principal característica a flexibilidade para atender demandas da indústria, ao longo dos anos, as unidades móveis se multiplicaram e se modernizaram em todo o país. A Paraíba, conforme informações de Adjair Maia, foi pioneira na implantação de cursos móveis, atuando desde 1969. Em 1977, foi criada a Coordenadoria das Unidades Móveis, atualmente denominada de Centro de Ações Móveis, com atuação em todos os municípios paraibanos onde não existe unidade fixa do Senai.

SAIBA MAIS
A grande beneficiada com a nova unidade móvel do Senai de artefatos e calçados será a indústria na Paraíba, que é o segundo maior Estado exportador calçadista do Brasil, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). Em 2015, qualquer município poderá levar a unidade móvel e qualificar sua mão de obra. O segmento possui hoje mais de 300 empresas em toda a Paraíba, empregando aproximadamente 25 mil funcionários, conforme dados do Sindicato da Indústria de Calçados da Paraíba (Sindicalçados-PB).

SOLICITAÇÃO DA UNIDADE MÓVEL
Centro Tecnologia do Couro e do Calçado Albano Franco em Campina Grande
Telefone: (83) 3182-5500

JP