Fale Conosco

O Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) destacou na manhã desta terça-feira (29) a aprovação do governo Veneziano nas últimas pesquisas realizadas na Paraíba – inclusive no último levantamento, feito pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas – Ipesp, que atestou uma aprovação do Governo Veneziano, em Campina Grande, de 35% – somando os votos dados a ‘Bom’ e Ótimo’. 

Segundo Vital, trata-se de um excelente índice, considerando que Veneziano está próximo de concluir o seu segundo mandato à frente da Prefeitura. O Senador disse que, geralmente, há uma tendência natural a haver uma percepção diferente dos gestores em segundo mandato.

“É natural que, num bom primeiro mandato, como foi o caso de Veneziano, haja uma boa aprovação, numa eventual pesquisa. Porém, mesmo que haja um bom segundo mandato, como é o caso de Veneziano, seria natural a aprovação diminuir, por fatores absolutamente normais”. 

Porém, de acordo com Vital do Rêgo, mesmo em segundo mandato Veneziano manteve um bom patamar de aprovação. “Isso é resultado de um modelo de administração que está em permanente ação, em permanente atividade. O resultado é que a percepção positiva dos campinenses permanece inalterada e o resultado é uma aprovação de um governo de segundo mandato sempre inalterada”. 

O Senador também comentou a comparação da aprovação do Governo Veneziano com a avaliação do mandato do Governador Ricardo Coutinho. Segundo ele, os números colhidos pela pesquisa Ipesp atestam uma aprovação de Veneziano e, por outro lado, uma reprovação do modelo adotado pelo governador. 

“Um governo de primeiro mandato deveria ser bem avaliado. Isso é natural. Mas na Paraíba ocorre o contrário, justamente porque não se viu na história do nosso estado um governo tão desastroso, tão ruim para os paraibanos. O resultado é este: a população rejeita o modelo administrativo que penaliza e maltrata”, disse. 

Vital finalizou destacando que em todas as pesquisas apresentadas este ano Veneziano pontuou bem na aprovação de governo, considerando todos os cenários possíveis. “Veneziano é bem avaliado no geral, no centro da cidade, nos bairros, nos distritos, em todas as faixas etárias, de renda e de escolaridade”, disse.