Fale Conosco

Sem conseguir entrar em acordo com o PSL de Tião Gomes e o PT do B do deputado Genival Matias para forçar os dois partidos a apoiar a candidatura da socialista Estelizabel Bezerra na disputa pela prefeitura de João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB) parece que preferiu trilhar o caminho mais curto para conquistar mais uma adesão ao grupo girassol.

O alvo da manobra do governador foi à parte mais fraca do parlamento, ou seja, o deputado estadual Toinho do Sopão. É que apesar de ter sido o deputado mais votado da história da Assembleia Legislativa, Sopão é marinheiro de primeira viagem e não tem o jogo de cintura das velhas raposas.

Através de uma manobra do PSB, o PTN saiu da base de apoio do candidato tucano, Cícero Lucena, no entanto, ainda não conseguiu levar a estrela – Toinho do Sopão.

Logo no período da pré-campanha, PSL, PT do B e PTN firmaram um acordo em que marchariam juntos na disputa municipal, ou seja, quem um apoiasse, os outros dois apoiaram também.

Ainda não se sabe qual foi a moeda de troca e nem se houve moeda de troca para a executiva estadual atender o chamado do PSB e anunciar apoio ao PSB, o que se sabe é que o grupo girassol quer bombardear de todos os lados a candidatura tucana e está atirando primeiro nos mais fracos – Toinho do Sopão foi a bola da vez.