Fale Conosco

Tenho acompanhado com especial atenção o noticiário da mídia cobrando do governador a promessa de fazer água doce jorrar nas torneiras da população da importante cidade do Conde, mas também vem de lá outro problema evidenciado no assalto a um grupo de turistas em Coqueirinho, ontem.

A violência encontrou no Conde terreno fértil e depois da água é o maior problema daquele município. O contingente policial é acanhado e a bandidagem faz a festa. Tráfico, milicias e muitos bandidos.

Não sei se o turista atingido por uma disparo de arma de fogo durante o assalto a van da Luck Turismo escapou, mas sei que a imagem de nossa Paraíba saiu arranhada no episódio.

BANDIDOS RINDO À TOA

Hoje, mais do que nunca, ali no Conde a bandidagem encontrou o ambiente ideal para se instalar. Não chega a mídia, como chegou o assalto aos turistas, mas diariamente mulheres são molestadas, pequenos furtos praticados, assaltos nas zonas urbana e rural.

E as providências se resumem a boa vontade de um pequeno contingente para uma área tão grande e aberta, cortada por uma BR e uma rodovia, quase fronteira com outro estado.

Água e segurança pública inoperante são os problemas maiores do Conde e ambos da competência do governo estadual. Chegou a hora de o governador Ricardo Coutinho parar de brincar de fazer politica por lá e enfrentar os problemas com soluções urgentes.