Fale Conosco

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, contra decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que tornou o gestor inelegível pela prática de improbidade administrativa. O agravo regimental, que tem como relator o ministro Edson Fachin, foi desprovido na última sexta-feira (21) e a decisão foi publicada nesta terça-feira (25).

De acordo com a ação movida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), Tyrone usou as cores de sua campanha a prefeito nos prédios públicos do Município. Da decisão ainda cabe recurso.

Da redação