Fale Conosco

A intenção do prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, é antecipar a aplicação da segunda dose contra a Covid-19  nos profissionais de educação da Capital. A ideia foi revelada em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (9) à TV Cabo Branco.

Conforme Fábio Rocha, secretário municipal de Saúde, a expectativa da gestão é de retomar as aulas da rede pública no próximo mês, em agosto.

“Os professores estão vacinados com a primeira dose, está próximo a segunda dose, estamos tentando a autorização para que a gente possa aplicar a segunda dose com menos de 90 dias, porque já passa de 60 dias e possa voltar com toda a tranquilidade”, pontuou.

Os Estados de Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Santa Catarina adiantaram a aplicação da segunda dose da AstraZeneca. A justificativa apresentada é para aumentar o índice da população completamente imunizada contra o coronavírus como também evitar que o prazo de 12 semanas entre as doses seja ultrapassado.

Na bula da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), fabricante da vacina no país, informa que “a segunda injeção pode ser administrada entre 4 e 12 semanas após a primeira”.