Fale Conosco

O médico Geraldo Medeiros, secretário de Saúde da Paraíba, declarou esta semana que a terceira onda da Covid-19 deve chegar ao estado na segunda quinzena de junho. Geraldo destacou, ainda, que aglomerações no Dia das Mães podem contribuir para o agravamento da pandemia da Covid-19.

De acordo com o secretário, a terceira onda da doença “já era uma previsão não só nossa, mas também da Fiocruz, a partir do momento em que as pessoas começam a relaxar, principalmente nos municípios menores, deixando de lavar as mãos, de usar o álcool em gel, se aglomerando nas praias, bares, restaurantes. Em Campina Grande, no Açude Velho, durante a ‘tardinha’ muita gente aglomerada, fazendo corrida, sem máscara.” Geraldo afirma, ainda, que no Dia das Mães “as pessoas não devem se reunir com 30 a 40 pessoas em torno da mãe, vindas de lares diferentes. O alerta temos feito, uma parcela segue e outra não segue.”

O secretário cita que o reflexo de possíveis descumprimentos das regras de combate ao coronavírus podem resultar em aumento de novos casos de Covid-19 em até 20 dias e na alta de mortes pela doença em até 30 dias após o Dia das Mães. “Se não tivermos conscientização, manter a máscara, a higiene pessoal, álcool em gel e, principalmente no fim de semana, não ir para espaços públicos, festas familiares, ou com amigos em casa. No dia das mães, as pessoas tem que entender que não podem comemorar o mês das mães aglomerando”, explicou.