Fale Conosco

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, a Paraíba já possui estoque de seringas para o período de vacinação contra a Covid-19, previsto para iniciar em fevereiro de 2021. Também está em processo de negociação, autorizado pelo governador João Azevêdo (Cidadania), a compra das vacinas CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

“O estado dispõe de um estoque de seringas e também está para receber de fornecedores em processos de licitação já efetivada, prevendo a campanha de vacinação que deverá ocorrer a partir de fevereiro”, afirmou Medeiros.

Assim, o estado se soma a outros entes federativos que garantiram o produto antecipadamente. Nesta semana, pelo menos nove governadores já abriram licitações próprias com objetivo de adquirir seringas, se adiantando ao Ministério da Saúde. Juntos, eles pretendem encomendar 210 milhões de unidades do produto. O ministério planeja comprar 370 milhões de seringas, mas ainda não publicou edital para realizar a licitação, segundo o Jornal Folha de São Paulo.

Através de nota, o Ministério da Saúde afirmou que a compra das seringas é de responsabilidade dos estados e que fará a aquisição em caráter excepcional. Além disso, informou que os estados poderão ser coparticipantes no seu edital, que promete publicar nos próximos dias.