Notícias

Secretário de Eduardo Campos rebate Cássio e confirma que Marina será a vice da chapa do PSB

 

Em entrevista a mídia campinense na manhã desta quinta-feira (24) o secretário de Comunicação de Pernambuco, Evaldo Costa, rebateu a declaração do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de que o PSB via o pré-candidato a presidente Eduardo Campos e a ex-senadora Marina Silva não podem ser declarados da oposição que caberia somente ao PSDB. Para Evaldo Costa a candidatura de Campos não quer ser uma mudança radical, pois o PSB entende que o governo do PT foi bom mais que seu partido pode fazer mais.

Numa indireta ao PSDB de Cássio, Evaldo fez uma declaração destacando que o PSB não é mesmo oposição a Dilma, pois ajudou a elegê-la em 2010 e integrou sua base, mas que o objetivo do PSB é fazer muito mais e não propor uma mudança radial como propõem o PSDB.  “O Brasil não quer uma mudança radical. O PSB não é oposição, pois entende que o governo de Dilma foi bom, mas é preciso fazer mais”, disse Evaldo.

O secretario de Eduardo Campos ainda fez outra revelação de bastidores da campanha do PSB, disse que o vice do atual presidente nacional do partido na sua chapa presidenciável será mesmo aa recém filiada Marina Silva. “Ela (Marina Silva) será a vice de Eduardo, pois presenciei em diversas oportunidades o interesse de Mariana em ser vice de Campos”, finalizou Costa.

 

Em recente entrevista a mídia nacional o senador Cássio Cunha Lima partiu para o ataque a chapa socialista: “É bom lembrar que, diferente dos ex-ministros Eduardo Campos e Marina Silva, quem sempre esteve na oposição foi o PSDB.”