Fale Conosco

A Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais confirmou, nesta quinta-feira (19), que 23 pessoas morreram em decorrência de febre amarela contraída no estado. A informação foi dada pelo subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde de Minas Gerais, Rodrigo Said, durante entrevista coletiva em Belo Horizonte. Ele também afirmou que este é o maior surto já registrado no estado.

De acordo com a secretaria, existem 206 casos notificados da doença. Destes, 34 foram confirmados, sendo que 23 “evoluíram para óbito”. 

Segundo a secretaria, as mortes estão relacionadas aos municípios de Ladainha (7), Piedade de Caratinga (2), Ipanema (3), Malacacheta (2), Imbé de Minas (1), São Sebastião do Maranhão (2), Frei Gaspar (1), Itambacuri (2), Poté (1), Setubinha (1), Teófilo Otoni (1).

Fonte:G1BemEstar