Fale Conosco

O deputado Anthony Garotinho (PR) revelou em seu blog que a ex-secretária da Presidência da República Rosemary Duarte entrou em Portugal com 25 milhões de euros.

Segundo a publicação, Rosemary acompanhou Lula em uma viagem a Portugal, e ao desembarcar foi obrigada a informar se a mala diplomática continha valores em espécie, o que é obrigatório pela legislação da Zona do Euro, mesmo que o volume não possa ser aberto. Na ocasião,

Rose declarou que havia na mala diplomática 25 milhões de euros, e foi instruída a contratar um carro-forte para o transporte.

Esses documentos estão arquivados na alfândega do aeroporto internacional Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto. O dinheiro está protegido pelo sigilo bancário, mas os demais documentos não estão sujeitos a sigilo.

A apólice para transportar o dinheiro para o Banco Espírito Santo é pública, e basta que as autoridades do Ministério Público ou da Polícia Federal solicitem às autoridades portuguesas, afirma o deputado. “Este fato gravíssimo já é do conhecimento da alta cúpula do governo federal em Brasília, inclusive do ministro da Justiça. Agora as providências só precisam ser adotadas”, concluiu Garotinho.