Fale Conosco

De volta da Europa, e espero que com fair play, o deputado federal Manoel Júnior volta a pregar a tese da candidatura própria para prefeito da cidade de João Pessoa e se apresenta como o candidato. 

Tudo bem, o PMDB parece já ter decidido que lançará candidatos a prefeito no máximo de municípios possíveis e a questão pendente na verdade se resume a Manoel honrar o acordo feito e passar a presidência do diretório municipal para Gervasinho. 

Segunda passada foi consenso essa questão de ter candidato, o que não foi dependia da presença de Manoel Júnior e refere-se ao rodízio acordado, assinado e juramentado. 

Não vejo correlação entre Manole desonrar a palavra empenhada na presença de muitas testemunhas e ele ser candidato a prefeito ou não. 

Agora, que o gesto de entregar o diretório, como acordado, a Gervásio Maia ajuda ele ser candidato, isso ajuda.

Mas, toda partida exige uma contrapartida.