Fale Conosco

 

O senador Wilson Santiago, do PMDB paraibano, em discurso pronunciado nesta quinta-feira, 03, no Senado Federal, lamentou a desaceleração dos investimentos em tecnologia no ano de 2011. O parlamentar paraibano ressalvou, no entanto, o lançamento este ano, pelo Governo Federal, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio, e de cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores.

O parlamentar paraibano referia-se, em seu pronunciamento, a matéria divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, segundo a qual os investimentos em software e hardware que cresciam a taxas de 12% até um ano atrás, diminuíram no ano de 2011. Segundo a informação, os gastos com sistemas de informação, que cresceram 13,7% em 2010 na comparação com o ano anterior, devem subir 6% neste ano. Entre as divisões que mais tiveram redução no espaço do orçamento estão software e hardware (programas e equipamentos).

“Esta notícia nos causa preocupação, pois, não poderemos falar em desenvolvimento brasileiro sem avançarmos na tecnologia”, enfatizou Santiago. Conforme avalia, “é impossível pensar em êxito na economia sem considerar a necessidade de progresso técnica”. O senador peemedebista faz um alerta: “atualmente não se pode negar ou  minimizar a importância da tecnologia no crescimento da riqueza de um país e mesmo na vida diária de toda a sociedade, uma vez que a inovação tecnológica interfere na dinâmica de geração de renda das empresas, na estrutura dos processos produtivos, na rentabilidade das operações e na aceitabilidade de produtos pelo mercado”.