Notícias

Rubens Nóbrega e os ‘Centavos para capacitar PM’

O que você vai ler na sequência é um dos absurdos do governo estadual, que diz ter feito altos investimentos na segurança pública e que, por isso mesmo, reduziu os índices de violência na Paraíba. Então, reflita e tire suas conclusões no escrito do jornalista Rubens Nóbrega em sua coluna na edição desta quinta (11) do Jornal da Paraíba, sob o título “Centavos para capacitar PM”. Continue com a leitura:

                                                                       * * *

“Disse ontem na CBN João Pessoa que a Paraíba ainda não chegou ao fundo do poço em matéria de insegurança pública. Não chegou porque continuam cavando, a julgar pelo que descobriu a auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) nas contas de 2011 e 2012 do governador. Conforme publicou este Jornal na edição dessa quarta-feira (10), o governo que aí está aplicou míseros R$ 3 mil na capacitação de policiais militares no seu primeiro ano de gestão e repetiu a dose e a verba no segundo.

Para termos uma ideia mais precisa do que isso representa, resolvi calcular o quanto o governo investiu per capita para melhorar o desempenho dos nossos PMs e, por extensão, de todo o aparelho de segurança pública do Estado. Pois bem, em 2011 fechamos com um efetivo 10.078 na Polícia Militar, mais 20 no Gabinete Militar e mais 1.240 no Corpo de Bombeiros, segundo o Sagres, o sítio do TCE na Internet onde o contribuinte pode visitar o que Estado e municípios fazem com o nosso dinheiro.

Quem for lá vai ver que juntando todo o pessoal militar que aparece na folha de dezembro daquele ano a conta fecha em 11.338 homens e mulheres em tese a serviço de proteger as pessoas de bem e combater o crime. Agora, se dividirmos entre os membros de todo aquele contingente os R$ 3 mil que o governo destinou à capacitação da PM nos seus primeiros doze meses de reinado, chegaremos a inacreditáveis 26 centavos por cabeça. Esse resultado, com diferença de centésimos, vale também para 2012, que encerrou com um efetivo de 10.191 na PM, 1.238 no CB e 22 na Casa Militar, totalizando 11.451. Dividindo os R$ 3 mil da capacitação por toda a tropa, teremos quase os mesmos e incríveis 26 centavos por cabeça.”

BMF