Fale Conosco

Dois colunistas se reportaram hoje ao caso do e-mail enviado pelo desembargador Joás de Brito Filho ao governador Ricardo Coutinho pedindo vantagens para sua esposa e para o seu cunhado.

Rubens Nóbrega, no Jornal da Paraíba, e Janildo Silva, no ClickPb, abordaram o escândalo abafado na mídia pela força da Secom do estado e pelo medo que muita gente tem da esfera judicial.

Vamos ao artigo de Rubens Nóbrega:

“Caso para o CNJ – Um cidadão amigo meu, primeira de luxo, está procurando um advogado disposto a entrar com denúncia contra o desembargador Joás Filho no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Ele ficou horrorizado quando leu aqui a história do pedido de melhoria salarial ou de gratificação para a mulher do Doutor Joás, e de possível emprego para o cunhado dele, conforme i-meio enviado pelo próprio desembargador ao Doutor Ricardo.

O meu amigo entende ainda que o caso deveria ser apurado também pelo Conselho da Magistratura ou Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado, no mesmo TJ onde volta e meia o Doutor Joás pode estar julgando ações contra atos do governador junto a quem teria feito condenáveis gestões.

Enquanto isso, a coluna aguarda que as partes denunciadas – o desembargador, o governador e, ainda, um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado – venham a público pelo menos para o clássico desmentido do que foi publicado.

O silêncio dos três assemelha-se a uma preocupante confissão de culpa, admissão tácita de que o sumo da elite dirigente do nosso Estado não tem pejo algum de se envolver em tão lamentável compadrio, em tão deplorável troca de favores, em tão execrável tráfico de influência.

Leia agora o artigo de Janildo Silva:

“Botando pra quebrar – Olha, posso até parecer bobo, mas para decepção do gerente do meu banco, eu não sou! Fico vendo o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), falando em propostas, ideias, anunciando medidas, botando a culpa pelo caos na Saúde nos médicos, dizendo que não tem dinheiro para pagar os policiais (sei…) e fico pensando (acredite, eu penso) o que foi que aconteceu com este homem? 

Nunca me decepcionei com a direita (como diria Danilo Gentili), “nunca esperei que saísse nada de bom na direita e nunca saiu”, mas a esquerda (incluindo Ricardo) sempre me pareceu diferente e hoje posso dizer que o Mago não tem autoridade para falar em ideologia, desde que se aliou a Efraim Morais. Pode processar, mas Socialistas e Democratas no mesmo bloco é uma coisa antagônica, ou não é?

Desde que um documento da Secretaria de Saúde do Estado, com e-mail de desembargador, fotos de servidores e cópias de contracheques foi publicado, fico tentando imaginar a cara dos eleitores de Ricardo. Qual será a desculpa que este povo está dando? Já sei, estão dizendo que o governo Maranhão era ruim… E daí? Sou obrigado a nivelar esta **** por baixo?”

Agradeço que os dois tenham tocado no assunto, pois só assim eu não me sinto tão só. Agradeço ainda a Helder Moura, Clilson Júnior e Joanildo Mendes lá do Fatospb.

Valeu macacada! Continuemos um agarrado na calda do outro para não cair do galho.