Fale Conosco

Não houve intervenção no PSB da Paraíba. Ricardo Coutinho tinha uma carta na manga e usou o estatuto, que prevê dissolução se uma maioria incluindo suplentes subscrever o pedido.

Ricardo e Gervásio entregaram uma lista com 35 suplentes e formaram a maioria pró dissolução, caindo Edvaldo Rosas.

É que o total de membros contabiliza 69 integrantes e nao 51.

Edvaldo Rosas tinha a maioria dos titulares, 26, acteditando que bastaria, mas Ricardo deu a rasteira com o estatuto na mão e correu por fora focando nos suplentes e titulares fiéis.

O racha se aprofunda e João e Ricardo trilham caminhos distintos e sem volta. Nos próximos dias o Diário Oficial trará novidades em massa.

Quem segue Ricardo e quem fica com João?

Dércio Alcântara