Fale Conosco

Durante o debate promovido pelas TVs Cabo Branco e Paraíba, na noite desta terça-feira, 30, o governador Ricardo Coutinho, candidato à reeleição, apresentou informações inverídicas e terminou por ser alvo de repúdios nas redes sociais, por parte de internautas indignados.

A primeira informação imediatamente rechaçada nas redes sociais se referiu à construção da Maternidade Peregrino Filho, em Patos. No entanto, a casa de saúde foi construída na gestão do governador Ernâni Sátiro, em 1971, e está registrada desde 2002 no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

Pouco depois da afirmação de Ricardo Coutinho no debate, o tema repercutiu nas redes sociais. Alguns internautas, inclusive, ficaram surpresos com a fala do governador. O jovem Ítalo Ramos, através de sua página pessoal no Facebook, ironizou a declaração do candidato à reeleição, afirmando que nasceu na maternidade em 1990, ou seja, há 24 anos.

– Eu pensei que eu tinha nascido na Maternidade Peregrino Filho, em 1990, mas fiquei sabendo agora que Ricardo abriu a maternidade nesta gestão. #FuiEnganado – escreveu na rede social.

A internauta Juliana Satyro, também da cidade de Patos, alertou que a maternidade foi construída na gestão de Ernani Sátiro e completou: “Excelentíssimo Senhor governador, respeite ao menos a memória dos que partiram para a morada eterna”, desabafou.

Adutora

Uma outra informação imediatamente questionada nas redes sociais se referiu a uma suposta construção e inauguração da Adutora de Alcantil, elencada por Ricardo Coutinho como realização de seu governo.

Ironizando, o telespectador e internauta Carlinhos Cruz postou em sua página no Facebook:

– Eita! E aí, povo de Alcantil que vota no 40. Ricardo falou no debate que construiu a adutora de Alcantil e está pronta. Isso é verdade mesmo? Vocês confirmam? Refresquem minha memória pq ainda tou pegando 4 baldes de água na cisterna da creche. E aí? Quem é o mentiroso?

Obras paradas

Além de se apropriar de obras realizadas em outras gestões, o governo de Ricardo Coutinho é marcado pelas construções paralisadas. Segundo denúncia do senador Cássio Cunha Lima, candidato ao Governo do Estado pela Coligação “A Vontade do Povo”, cerca de 260 obras estão paralisadas na gestão do socialista.

Umas dessas obras paradas é o Hospital de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa. Mesmo com investimentos liberados pelo Ministério da Saúde na ordem de mais de R$ 20 milhões, a obra na unidade hospitalar ainda não saiu dos alicerces e atualmente está paralisada. Devido ao descaso do governo, 95 funcionários já foram demitidos. A empresa Engeform, de São Paulo, que é responsável pela obra, já calcula um prejuízo de R$ 8 milhões.