Fale Conosco

O Governo está tão mal das pernas que não consegue nem sequer arrumar uma justificativa plausível que explique falta de segurança assistida no estádio O Amigão, na noite de ontem.

O governador do estado, Ricardo Coutinho, veio a público hoje dizer que tudo não passou de uma “armação” promovida por alguns setores da Polícia Militar, comandados por Major Fábio, para tentar promover um “terrorismo”.

“Ninguém ache que vai intimidar o governo, o governo não se intimida. Estão tentando criar um fato que não existe na prática”, disse Ricardo durante evento na manhã de hoje.

Alguns jornalistas apadrinhados de Ricardo Coutinho insinuaram também que a TV Cabo Branco está envolvida nessa suposta “armação”.

O jornalista Fabiano Gomes disse que funcionários (Angélica Lucio, editora de jornalismo e Gutemberg Cardoso, recém contratado da rádio 101) do sistema Paraíba de Comunicação, antes do horário do jogo, chamavam atenção para o que poderia acontecer no estádio, via Twitter.

A celeuma criada pelo Governo o os jornalistas apadrinhados tem o objetivo de desviar a atenção do real problema: a falta de segurança que todos os cidadãos da Paraíba estão vivendo.