Fale Conosco

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse ao Painel  que vai disputar o Senado ou o governo estadual nas eleições de 2022 e defendeu o ex-presidente Lula como o nome indicado para juntar “os cacos do Brasil”.

“É fundamental que o país tenha alguém com uma aguçada sensibilidade social que possa costurar novamente o que a gente chama de nação”, diz ele.

Assim como Lula, Coutinho se diz vítima do lavajatismo. O ex-governador foi preso em dezembro de 2019 e é acusado de liderar uma organização criminosa que teria desviado valores da saúde.

Fonte: Folha de S. Paulo.