Fale Conosco

Mais um descaso do governador Ricardo Coutinho (PSB), que pleiteia à reeleição, com a Educação na Paraíba. Desta vez, o gestor fez um corte superior a R$ 350 milhões no orçamento da Secretaria de Educação para o ano que vem. A Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2015, encaminhada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa, prevê investimentos na rede estadual de ensino na ordem de R$ 1.165.603.000 milhões, o que representa uma redução na ordem de 23% em relação ao investimento deste ano, que foi de R$ 1.516.215.566 milhões. O assunto foi tema de matéria na edição desta quinta-feira (23) do Jornal da Paraíba.

O secretário de Planejamento do Estado, Thompson Mariz, tentou justificar a redução no orçamento pela migração de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para os municípios. No entanto, a informação foi rebatida pelo presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, que explicou que os repasses destinados aos municípios não passam pelo Governo do Estado.

No orçamento para 2015, 76% das áreas da educação estadual vão ter cortes de despesas. Proporcionalmente, a mais afetada será a pasta de Conservação, Reforma e Adaptação de Imóveis, que chegou a 99,9%, caindo de R$ 6,4 milhões este ano, para apenas R$ 4.500,00 em 2015.

Este é apenas mais um dado que atesta a falta de atenção do governador com a Educação. Além disso, durante o seu governo, Ricardo Coutinho fechou 230 escolas, reduzindo assim mais de 100 mil matrículas na rede estadual de ensino e ainda retirou a autonomia da Universidade Estadual da Paraíba.