Fale Conosco

Nem o mais otimista dos oposicionistas admitiria que o governo Ricardo Coutinho estivesse tão impopular em agosto do primeiro ano de gestão.

O mais pessimista do Coletivo RC jamais imaginou chegar ao mês de agosto com uma avaliação popular tão baixa e o governador a beira de séria crise com os poderes Legislativo e Judiciário, Tribunal de Contas e Ministério Público.

Só quem se fecha em copas para o que está acontecendo nos arredores infla o peito e diz que o povo ainda está em lua de mel com o governador.

O estilo papel de enrolar prego de sua excelência afastou pra longe quem apostou as fichas em sua gestão.

Ricardo perdeu dois deputados, Márcio Roberto e Toinho do Sopão, e agora se isolou com o episódio da LDO promulgada sem vetos devido ao fato estranho de o governador ter perdido o prazo regimental.

O que falta mais acontecer para o governador baixar sua crista e rever posturas?

Sobra incompetência e os aspectos positivos da gestão estão cada vez mais escassos.

O pior é que o fiasco da gestão Ricardo atropela todos os paraibanos.

Até quando vamos comemorar o quase e ficar feito pinto na merda com o sucesso de Pernambuco?

Cá pra nós, comemorar instalação de fábrica de automóveis, porto e aeroporto em Goiânia é o mesmo que está com fome e ficar feliz porque o vizinho ta podendo.

Até quando vamos conviver com esse complexo de vira-lata?